SINDEPOMINAS INTERPELA JUDICIALMENTE ROMEU ZEMA POR ACUSAÇÕES LEVIANAS

O Departamento Jurídico do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil protocolizou junto ao Superior Tribunal de Justiça - STJ - na tarde desta quinta-feira (23/07) a interpelação judicial contra o Governador de Minas Gerais Romeu Zema para que justifique as afirmações feitas durante uma live na última segunda-feira quando disse que “os sindicatos de servidores do estado de Minas Gerais, no governo anterior (PT), participavam da chamada rachadinha”.

A presidente do sindicato, Maria de Lurdes Camilli, reagiu e afirmou, em nota assinada com outros sindicatos, que o Sindepominas jamais estabeleceu qualquer relação espúria com aquele ou qualquer outro governante e salientou que, contra a administração do ex-governador, foram impetradas dezenas de ações judiciais para restabelecer direitos, justamente pela ausência de diálogo com as representações de classe.