POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM DURANTE CONTINUIDADE DA OPERAÇÃO 'TELLUS' EM UBERABA

Em continuidade a Operação "Tellus", que apura roubos e desvios de carga de fertilizantes na região, a Polícia Civil de Uberaba localizou e prendeu um homem, de 48 anos, que estava foragido desde o dia da operação. Ele foi encontrado no Bairro Valim de Melo. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (12).

Após receber informações, os policiais civis investigaram os possíveis endereços onde ele poderia estar escondido. O suspeito foi encontrado em uma casa. No local, ele se apresentou com um nome, mas foi encontrada com ele uma CNH em nome de outra pessoa. O homem foi preso em flagrante pelo crime de uso de documento falso.

Um mandado de prisão também foi cumprido contra ele. Segundo a Polícia Civil, o investigado comprava, revendia e financiava o grupo de assaltantes.

A operação

A Operação Tellus foi deflagrada no dia 19 de outubro do ano passado. Nove suspeitos de roubos e desvio de carga de fertilizantes na região foram detidos na oportunidade. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos.

A operação contou com 69 policiais civis e foi denominada Tellus, que faz referência a deusa que representa o solo fértil na mitologia romana.

A operação finalizou com a apreensão de cinco veículos, aparelhos de celulares, pendrive, HD externo, galoes de combustíveis com 80 litros de álcool, placas de veículos para clonagem, veículos roubado/furtado, dentre outros objetos com natureza duvidosa. Um revolver calibre 38 foi apreendido numa propriedade rural na região. No decorrer da operação, toneladas de fertilizantes também foram apreendidas.

A investigação

A investigação iniciou no sentido de apurar as ocorrências de diversos roubos de carga de fertilizantes de empresas de Uberaba. Os assaltantes utilizavam de violência nas abordagens aos caminhoneiros. As vítimas eram mantidas reféns até o termino da subtração da carga.

A investigação identificou os envolvidos na organização criminosa, além de ter identificado o receptador das cargas roubadas.

Conforme divulgado pela Polícia Civil, foram apresentadas estatísticas de que estes crimes praticamente zeraram a partir da prisão do grupo. A prisão também influenciou na diminuição de outros crimes relacionados a cargas de fertilizantes.

 

Fonte: G1