SUSPEITO DE HOMICÍDIO EM ABRIL ESTÁ PRESO EM JUIZ DE FORA

O suspeito de matar Marcos Araújo Carneiro, de 42 anos, na estrada de Caeté, na zona rural de Juiz de Fora, foi preso no dia 5 de julho e confessou o crime durante oitiva nesta terça-feira (10). De acordo com o delegado Rodrigo Rolli, o motivo do crime seria uma desavença após um acidente de carro em Vassouras (RJ).

O corpo do homem de 34 anos, que era natural de Três Rios (RJ), foi encontrado com sinais de violência em uma estrada na manhã do dia 23 de abril. Danilo Soares, de 42 anos, foi preso na casa da namorada, no Bairro de Lourdes.

Desavença

Segundo o delegado, durante a oitiva Danilo disse que chamou Marcos até Juiz de Fora com o pretexto de pagar pelo prejuízo do carro envolvido em um acidente. Quando a vítima chegou à cidade, a levou até a estrada e a matou.

"Ele confessa que praticou o crime, só que ele alega que agiu em legítima defesa. A vítima estava em Três Rios e foi chamada para Juiz de Fora para resolver a desavença. Só que foi levada até um local ermo, onde ocorreu o crime. O próprio autor disse que levou o galão de gasolina e ateou fogo para que a vítima não fosse reconhecida", acrescentou.

Inquérito

Durante as investigações, os familiares da vítima foram ouvidos para ajudar na conclusão do caso. De acordo com o Rolli, imagens do sistema de câmera da rodoviária de Juiz de Fora ajudaram no processo, pois mostraram a chegada da vítima no dia da morte na cidade

O inquérito do caso deve ser concluído até a próxima sexta-feira (11). Danilo deve ser indiciado por homicídio qualificado.

Após ter sido ouvido, o homem foi encaminhado de volta ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp).

 

Fonte: G1