SINDEPOMINAS ENTREGA MEDALHA DAVIDSON PIMENTA DA ROCHA EDIÇÃO 2019

O Sindepominas realizou nesta segunda-feira 16 de dezembro a Solenidade de entrega da Medalha Davidson Pimenta da Rocha (edição 2019) para autoridades e personalidades que contribuíram de forma especial para o trabalho e crescimento da entidade e para a valorização da categoria dos Delegados de Polícia de Minas Gerais. O evento foi realizado no Salão Gálli, na Pampulha, em Belo Horizonte e contou coma presença de colegas Delegados e Delegadas de Polícia, autoridades e familiares dos agraciados. Na oportunidade, além da solenidade, houve uma festa de confraternização que reuniu, em um clima bastante agradável e amigo, presenças de várias gerações e de diversas partes do Estado.

Os agraciados foram:

01 – Alexandre Kalil – Prefeito Municipal de Belo Horizonte;

02 – Mauri José Torres Duarte – Conselheiro Presidente do TCE-MG;

03 – Durval Ângelo Andrade – Conselheiro Ouvidor do TCE-MG;

04 – Danilo Antônio de Souza Castro – Advogado Geral Adjunto do Estado de Minas Gerais;

05 – Wagner Pinto de Souza – Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais e Delegado Geral de Polícia;

06 – João Octacílio Silva Neto – Ex-Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais e Delegado Geral de Polícia;

07 – Sobhi El Khawli – Ex-Diretor da Fundação de Parques e Zoobotânica de Belo Horizonte;

08 – Aílson Carvalho dos Santos – Jornalista do Sindepominas;

09 – Maria de Lurdes Camilli – Delegada Geral de Polícia Aposentada e Vice-Presidente do Sindepominas;

10 – Carlos Roberto Souza da Silva – Delegado Geral de Polícia e Diretor Regional Leste do Sindepominas;

11 – Daniel Guimarães Rocha – Delegado Geral de Polícia e Diretor Social do Sindepominas;

12 – Christiano Augusto Xavier Ferreira – Delegado Especial de Polícia, Prefeito Municipal de Santa Luzia e 2º Secretário do Sindepominas;

13 – Marlon Pacheco de Castro – Delegado Especial de Polícia e Diretor Jurídico do Sindepominas;

14 – Henrique de Almeida Neri Franco – Delegado Titular de Polícia e Conselheiro Fiscal do Sindepominas;

15 – José Marcelo de Paula Loureiro – Delegado Especial de Polícia;

16 – Felipe Costa Marques de Freitas – Delegado Especial de Polícia.

 

O Discurso do Dr. Marco Antônio de Paula Assis, presidente do Sindepominas, na abertura da Cerimônia:

“Senhoras e senhores, muito boa noite!

Em nome do SINDEPOMINAS, Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Minas Gerais,  cumprimento todas autoridades. Minhas mais efusivas saudações a todos os Delegados de Polícia, aos confrades da Medalha Davidson Pimenta da Rocha, e respectivos familiares aqui presentes!

Sejam todos muito bem- vindos à Edição 2018 da Medalha Dr. Davidson Pimenta da Rocha!

A medalha Dr. Davidson Pimenta da Rocha foi instituída pelo Sindicato dos Delegados através da Resolução 001 de 1999 e é concedida por sugestão de membro da diretoria em exercício, aprovada por maioria dos diretores em reunião convocada para este fim, àquelas pessoas que tenham prestado relevantes serviços à Instituição Polícia Civil ou à classe dos Delegados.

Nesta edição, como de praxe, reconhecemos os méritos de nossos diretores que, com abnegação e afinco, escolheram a causa da categoria para exercer voluntariamente o múnus da defesa de seus direitos e prerrogativas. Mais do que a honra da convivência, nos outorgaram sua força de trabalho e seus talentos individuais em defesa de uma causa comum.

Dra. Maria de Lurdes Camilli, minha querida vice-presidente, nos emprestou sua bagagem de mais de 30 anos de serviço, com uma carreira vitoriosa que a levou aos postos mais altos da instituição;

Dr. Christiano Augusto Xavier Pereira, nosso segundo secretário, combativo Prefeito da Bela cidade de Santa Luzia e que traz também uma bagagem expressiva na luta sindical;

Dr. Felipe Costa Marques de Freitas, nosso segundo tesoureiro, sempre parceiro, de grandes feitos no Estado de Minas atuando pela Coordenação de Inteligência Policial, e que por motivo de trabalho não pôde estar presente nesta solenidade;

Dr. Daniel Guimarães Rocha, nosso querido “Tio Chico”, diretor social nato, pessoa que nos abriu as portas para a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte no momento preciso;

Dr. Marlon Pacheco de Castro, nosso diretor jurídico que atualmente empresta seu talento à Delegacia Especializada de Combate à Corrupção em Minas Gerais;

Dr. José Marcelo de Paula Loureiro, diretor de mobilização que por motivo de saúde não pôde estar presente a este evento, mas que está nos corações e mentes de todos os seus colegas que torcem por ser breve restabelecimento;

Dr. Carlos Roberto Souza da Silva, diretor regional leste, combativo Delegado Regional da Cidade de Manhuaçu, onde desenvolve um notável trabalho de modernização da gestão policial;

E por fim, o Dr. Henrique de Almeida Neri Franco, nosso conselheiro fiscal, bom baiano, pacificador de Várzea da Palma;

Pela primeira vez concedemos a medalha a um de nossos colaboradores: nosso assessor de comunicação Ailson Carvalho dos Santos, um parceiro nas nossas lutas diárias e um grande conselheiro da administração do sindicato.

Aos Chefes de nossa instituição, a medalha é o atestado do reconhecimento pelos esforços empreendidos no atendimento de nossos pleitos. A Polícia tem tido o privilégio de ser dirigida por pessoas escolhidas dentre seus melhores quadros. Ao Dr. João Octacílio Silva Neto, Chefe da Polícia ao tempo de votação da medalha, que deveria ser entregue no ano passado, e ao Dr. Wagner Pinto de Souza, atual Chefe da Polícia, nossos agradecimentos pela parceria!

Finalmente, ao público externo, concedemos a medalha ao Dr. Danilo Antônio de Souza Castro, Advogado Geral Adjunto do Estado de Minas Gerais, que como bom mineiro conduziu um excelente acordo em demanda judicial de grande importância para nosso sindicato;

Ao Conselheiro Durval Ângelo Andrade, ouvidor do Tribunal de Consta do Estado que ao assumir a cadeira na corte de contas levantou incontinenti a bandeira da aposentadoria especial do policial civil que estava sob contestação no incidente de inconstitucionalidade 898492;

Ao perceber que os esforços do Conselheiro Durval Ângelo não seriam suficientes, o próprio presidente da corte, Conselheiro Mauri Torres, chamou para si a responsabilidade do Voto de Minerva que nos livrou da degola e destravou a fila de aposentadorias pendentes dos policiais civis que já ultrapassava a casa dos cinco mil processos;

O Excelentíssimo Prefeito de Belo Horizonte, capital do estado e sede de nossa entidade, com seu estilo peculiar de abordar os problemas com coragem e presteza, deu solução cabal e definitiva a uma demanda que se arrastava há dois anos por setores técnicos da burocracia administrativa, liberando o prosseguimento das obras que nos permitirão, em breve tempo, desfrutar de nossa sede própria;

Nosso acesso ao Prefeito Kalil foi carinhosamente pavimentado pelo então diretor da Fundação de Parques e Zoobotânica de Belo Horizonte, Sobhi El Khawli, que se tornou nossa referência para os assuntos da entidade junto à municipalidade;

Por essas muitas outras razões que demandariam muito tempo para discorrer, todos os senhores estão sendo conduzidos ao convívio fraterno da categoria dos Delegados de Polícia, pela memória de nosso Patrono Dr. Davidson Pimenta da Rocha.

Sejam todos muito bem-vindos!”