POLÍCIA CIVIL PRENDE 13 PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS, EM NANUQUE

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu 33 mandados de busca e apreensão e 27 mandados de prisão por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, na manhã desta terça-feira (03), em Nanuque, no Vale do Mucuri. 

A ação, denominada Operação "Ragnarok",  resultou na prisão preventiva de 13 pessoas, além do cumprimento de nove mandados. De acordo com a PCMG, durante a operação, dois suspeitos foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Além das prisões, foram apreendidas substâncias semelhantes à maconha e à cocaína, pinos e sacolas destinadas à embalagem das drogas, joias e relógios.

Durante as investigações, a PCMG ainda apreendeu três  veículos utilizados no tráfico de drogas e na prática de lavagem de dinheiro.

Os investigadores se debruçaram sobre o caso há cerca de um ano, e o trabalho da Polícia Civil  revelou que os chefes da organização criminosa investigada orquestravam as ações da quadrilha do interior do presídio local. Os integrantes da organização que não se encontravam presos recebiam ordens e as cumpriam.

Ainda de acordo com informações da  PCMG, o grupo também promovia a entrada de drogas no Sistema Prisional, inseridas em órgãos femininos, o que dificulta a localização da droga pelos agentes prisionais.

Operação

O termo “Ragnarok”, nome dado à operação, remete à mitologia nórdica, denominando um evento apocalíptico, no qual após um intenso conflito entre as forças do bem e do mal, os elementos de desordem e caos são extirpados pelas forças do bem, prevalecendo, por fim, a paz e a tranquilidade.

 

Fonte: Jornal O Tempo