POLICIA CIVIL INVESTIGA SEGUNDO TATUADOR SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL EM BELO HORIZONTE

Depois que o tatuador Leandro Caldeira, de 44 anos, foi denunciado à polícia CIvil por abuso sexual, outro profissional do mesmo ramo passou a aser investigado pela corporação. "É outro que atua na região da Savassi. Outro inquérito policial foi aberto para a purar o mesmo tipo de delito", confirma a delegada Larissa Mascotte, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher.

Leia mais clicando aqui