POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADOS CONTRA DESVIO DE R$ 30 MI NO BANCO DO BRASIL

Megaoperação da Polícia Civil de oito estados e do Distrito Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, cumprimento de mandados judiciais contra ex-executivos do Banco do Brasil e de empresas terceirizadas. 

A Justiça expediu 17 mandados de prisão temporária - que implica  detenção pelo prazo máximo de cinco dias -, e 28 de busca e apreensão na operação batizada de 'Crédito Viciado'.

A operação deflagrada hoje investiga uma organização criminosa suspeita de peculato (desvio de dinheiro público) e lavagem de dinheiro. Os alvos da operação são funcionários do Banco do Brasil e empresários de empresas de cobrança de dívidas.

Durante a investigação, foram identificados os responsáveis pelo desvio R$ 15.758.738,49, tendo sido expedida a determinação do bloqueio desses valores.

MINAS

A operação acontece em Minas, na cidade de Poços de Caldas, no Sul do estado e em Belo Horizonte.

Outros envolvidos na investigação de desvio de  R$ 30 milhões do banco estatal, entre 2017 e 2018, estão sendo buscados em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Goiás, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco e no Distrito Federal.

Em Belo Horizonte,  a operação acontece no Belvedere, na Região Centro-Sul,  e no Centro da capital. 

Em Poços de Caldas , estão sendo cumpridos dois mandados de prisão e  três de mandados de busca e apreensão, que, de acordo com a Polícia Civil de Minas, foram cumpridos com sucesso. 

Também de acordo com a Polícia Civil de Minas, uma  prisão foi em flagrante, já que na casa também foram encontrados  munições e  arma de fogo. Em Poços de Caldas , a operação foi finalizada.Em BH, a operação também foi encerrada.

 

Fonte: Jornal Estado de Minas