PCMG INVESTIGA VEREADOR POR CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Um vereador da Câmara Municipal de Sete Lagoas é alvo de investigação pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). Na manhã desta terça-feira (28), foram cumpridos mandados de busca e apreensão no gabinete do parlamentar, na casa dele e em outros cinco endereços. O objetivo foi levantar provas de crimes praticados contra a administração pública.

Na residência do investigado, os policiais civis do Departamento Estadual de Combate à Corrupção e a Fraudes localizaram uma arma de fogo. Em outro endereço foi encontrado um suposto certificado da arma, que será periciado pela PCMG para constatação da legitimidade.

"O próximo passo agora é trabalhar com o material que foi arrecadado hoje, analisar todo o conteúdo em mídias digitais recolhidas de celulares e computadores, além de documentos colhidos no gabinete do parlamentar, para robustecer as investigações", adiantou o delegado Gabriel Fonseca.

Ainda de acordo com Fonseca, as investigações, ainda iniciais, não se desdobraram em prisão. Contudo, ele não descarta a possibilidade de o vereador ser intimado a prestar declarações à PCMG, uma vez que várias pessoas já foram ouvidas no curso do inquérito policial. "Todos os cuidados estão sendo tomados para conduzir apurações sigilosas, de modo a não comprometer o resultado das investigações", concluiu o delegado.

Auxiliaram no cumprimento dos mandados de busca e apreensão a equipe de Inteligência da Delegacia Regional em Sete Lagoas, coordenada pela delegada Daniela dos Santos Silva.

Fonte: PCMG