ATRASO NA PUBLICAÇÃO DE ATO PROMOCIONAL GERA AÇÃO DE COBRANÇA DE RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DE DELEGADO DE POLICIA EM MINAS GERAIS

Em mais uma ação exitosa do Departamento Jurídico do Sindepominas, Justiça condena o Estado de Minas Gerais a pagar Delegado de Polícia diferença salarial em razão de promoção funcional. Após ser aprovado no estágio probatório, o Delegado J.C.P.O. foi promovido de Delegado Substituto para Delegado Titular, contudo a autoridade judiciária permaneceu sem a devida recomposição pecuniária por causa de atraso injustificado de um ano e cinco meses na publicação do ato de promoção.  O Departamento Jurídico do Sindepominas reuniu as provas em favor do Delegado e obteve sentença favorável no dia 22 de abril, condenando o Estado ao pagamento do Delegado a quantia de R$ 7.625,83, com correção monetária e juros de mora.